Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Conhecimento das competências dos órgãos é importante


Matéria presente não só no concurso do Tribunal Regional de São Paulo (TRE), mas também em diversos tribunais, o Regimento Interna é baseado na autonomia das cortes de se auto-organizarem. Tratando-se do TRE-SP, especificamente, o estudo do regimento exige que o candidato domine o aspecto relativo à divisão da competência de cada um dos órgãos do tribunal, como aconselha o professor Fillipe Lizardo, do Neaf Concursos.

“É essencial começar pelas competências, passando pelas competências do presidente, do vice, do corregedor, do procurador eleitoral e também a estrutura relacionada as seções que ocorrem no tribunal que são artigos mais adiante”, explica.

De acordo com o especialista, os conteúdos da disciplina costumam ser muito literais em relação aos dispositivos legais. Para que haja um bom resultado na prova é preciso entender toda essa estrutura da atribuição de cada um dos órgãos que compõe o tribunal, como presidência, corregedoria, procuradoria, entre outros.

O professor finaliza ressaltando a importância de se preparar com antecedência, para estar mais seguro na hora da prova, além de estudar questões dos últimos concursos. “Isso ajuda no momento da preparação”, completa.
 

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações