Entrar Assine

Notícia principal

Concurso TRF1: veja projeto básico com vagas, cargos e estrutura da prova

Concurso TRF1: veja projeto básico com vagas, cargos e estrutura da prova

Resumo: FOLHA DIRIGIDA teve acesso, com exclusividade, ao projeto básico do concurso TRF1 2017. O documento traz definições importantes da aguardada seleção para técnicos e analistas judiciários. Entre elas estão oferta de vagas imediatas e em cadastro de reserva, especialidades dos cargos, estrutura das provas e taxas de inscrição.


FOLHA DIRIGIDA teve acesso, com exclusividade, ao projeto básico do concurso TRF1 2017. O documento do Tribunal Regional Federal da 1ª Região traz definições importantes da aguardada seleção para técnicos e analistas judiciários. Entre elas estão oferta de vagas imediatas e em cadastro de reserva, especialidades dos cargos, estrutura das provas e taxas de inscrição.
 
Já entre as pendências estão as disciplinas das provas objetivas. No projeto básico, também não há informações sobre o cronograma, que será definido com a organizadora contratada - no caso o Cebraspe (antigo Cespe/UnB), cujo extrato de contrato saiu na última quinta, dia 10.
 
 
Está confirmado que o concurso do TRF1 visará a preencher 116 vagas nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí e Tocantins. A distribuição das vagas pelos estados também consta no documento. Haverá reserva de vagas para deficientes (5%) e negros (20%). A distribuição das vagas pelas cidades que serão contempladas pode ser consultada no item 3 do projeto básico.

Em vídeo, o especialista Alexandre Prado traz informações importantes para você que pretente fazer o concurso para o Tribunal Reginal Federal da 1ª Região.

Técnico da área administrativa confirmado

Sede do TRF1, em Brasília
TRF1 abrirá concurso. Foto: Divulgação
O principal cargo é o de técnico da área administrativa, que exige o nível médio e contará com o maior número de vagas. Haverá oportunidades ainda para técnicos de segurança e transporte e taquigrafia.
 
Um dos atrativos desse cargo é a remuneração inicial. Os técnicos têm ganhos de R$7.320,28, já incluído o valor de R$884, relativo ao auxílio alimentação.
 
Para analistas as oportunidades são nas áreas Judiciária, Taquigrafia, e Execução de Mandados. A remuneração inicial, nesse caso, é de R$11.063,80 mensais, também incluído, nesse caso, o auxílio alimentação.
 
As taxas de inscrição também estão definidas, e serão de R$70 para técnico e R$90 para analista. Esse projeto básico ajudará bastante na preparação dos milhares de interessados no concurso, pois revela também a estrutura das provas.
 
Os concorrentes serão avaliados por meio de prova objetiva e redação (exceto para técnicos). No caso do técnico e analista de taquigrafia haverá exame prático. Para técnico de segurança e transporte haverá ainda prova física.
 
A objetiva versará sobre Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos. As disciplinas não constam do projeto básico. 
 
O último concurso do TRF1 foi realizado em 2013. Na ocasião foram aplicadas provas objetivas com 50 questões, distribuídas entre as disciplinas de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Direito Constitucional, Direitos, Administração Pública, Noções de Gestão de Pessoas, Regimento Interno do TRF1, entre outras. 
   


PLAYLIST

Reprodução automática

Notícias

Língua Portuguesa para tribunais - Aula 1 - Concordância Verbal

Duração: 01h51

785 exibições

Disciplina: Disciplina

Professore(s):

ASSINE

Para ter acesso a este conteúdo, notícias e preparativos

ASSINAR

ASSINE

Para ter acesso a este conteúdo, notícias e preparativos

ASSINAR

ASSINE

Para ter acesso a este conteúdo, notícias e preparativos

ASSINAR


 

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações