Entrar Assine

Notícia principal

Prepração deve ter início com rotina de estudos


Autorização de concurso é sinônimo de aumento de disciplina nos estudos para os concurseiros. Quem aguardava uma oportunidade no judiciário de Sergipe já pode começar a se preparar com maior afinco.   Para dar o primeiro passo, é preciso criar uma rotina diária de estudos e valorar a realização de questões o máximo possível. A afirmação é do diretor do Centro de Estudo Guerra de Moraes, Carlos Eduardo Guerra, que ensina como se preparar, com as dicas a seguir, tendo como referência o último concurso para o órgão, que data de 2011.
"As disciplinas com maior destaque no último concurso e que, com certeza, também serão no próximo são Direito do Trabalho e Língua Portuguesa. Além disso, o candidato também deve ficar atento às disciplinas de Direito Constitucional e Administrativo", ressaltou Guerra. Entretanto, de acordo com o diretor, é muito importante ter um bom conhecimento em todas as disciplinas, devido ao concurso ter uma grande procura.
Outro ponto crucial para auxiliar na jornada de estudos é a identificação com um modelo de preparação que se enquadre na sua realidade. "O candidato deve ver em que modelo de preparação ele se adapta melhor. É muito importante procurar apostilas e cursos renomados que tenham excelentes resultados e boa credibilidade. As redes sociais auxiliam muito nesta busca", ressaltou.
Para um melhor desempenho e afinidade com as questões a serem cobradas, é oportuno analisar  as provas do certame para as demais regiões. "O perfil relevante não é apenas do TRT da 20ª região. Assim, o perfil é ser uma prova disputada. Por isso, volto a destacar a importância de realizar questões na internet das provas dos TRTs de todas as regiões."
O diretor ainda deixa uma mensagem aos candidatos. "No mais, desejo bons estudos e sucesso na carreira pública. E uma pequena dica: estude de forma organizada e planejada, o resultado será muito eficaz.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações