Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Inacreditável! Polícia Civil-ES nomeia 23 anos depois!

Inacreditável! Polícia Civil-ES nomeia 23 anos depois!

Resumo: Por um erro na soma dos pontos das duas fases do concurso realizado em 1993, 56 aprovados para investigador da Polícia Civil só foram nomeados após 23 anos de espera.


Diz o guru dos concursos, juiz federal William Douglas, que não se faz concurso para passar, mas até passar. Contudo, às vezes, não basta ser classificado, e a demora para concretizar o sonho aumenta muito. Prova disso é que, no Espírito Santo, 56 aprovados para investigador da Polícia Civil só foram nomeados após 23 anos de espera, após uma longa disputa judicial.
 
A briga foi parar no Judiciário porque houve um erro na soma dos pontos das duas fases do concurso, realizado em 1993, fazendo com que a classificação fosse alterada três vezes. As primeiras nomeações só aconteceram em 1998. Entre os beneficiados pela sentença, publicada mês passado, está o comerciante Gilberto Ewald, hoje com 62 anos, e que ficou animado com a nomeação. "Estou muito disposto. Creio que a nossa experiência irá ajudar. Era o meu sonho desde criança", disse.
 

CADASTRE-SE AGORA E VEJA MAIS SOBRE ESTE CONTEÚDO

OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações